• Projeto Constelação

Como viver o meu propósito?

Talvez a primeira pergunta a ser feita seja: qual é o meu propósito? Ou ainda: qual é a minha missão de vida? Se você já se questionou isso, possivelmente se sentiu muito mais perdido do que antes de levantar este questionamento. Saiba como a filosofia IKIGAI pode te ajudar a encontrar a resposta!

Sempre quis ter uma vida cheia de significado e por um longo período da minha vida eu me pegava pensando em descobrir o que eu precisava fazer na Terra, perguntando a mim mesma qual era a minha missão, esperando ansiosamente que as respostas caíssem do céu ou que aparecesse algum mensageiro para me orientar e me mostrar o caminho que eu precisava trilhar. E quando isso acontecesse, finalmente, eu conseguiria seguir o meu caminho tranquila e feliz, na certeza de que eu estava fazendo aquilo que era o esperado de mim.


Mal sabia eu na enrascada que eu estava me metendo com esse tipo de pensamento. Primeiro porque até hoje não apareceu nenhum mensageiro com a resposta, então se eu não encontrasse uma solução sozinha, provavelmente até hoje eu estaria sentada de braços cruzados esperando. Segundo porque, erroneamente, vigorava na minha cabeça uma visão linear da vida: nascer, estudar, trabalhar, casar, ter filhos, aposentar, morrer. E eu acreditava que a minha missão de vida, algo que eu pensava ser grandioso, se encaixaria nessa simplória estrutura linear.


Nessa busca por encontrar algo grandioso que seria a minha missão de vida, eu vou contar o que acabei encontrando e descobrindo.


Metaforicamente falando, eu saí de um ponto, viajei pelas mais variadas estradas, algumas mais sinuosas e íngremes do que outras. Ainda perdida, fazia paradas, pedia opiniões, sugestões, auxílios, fazia reflexões e descobria novas estradas. Andei por esses novos lugares, mas não achei nada. Continuava perdida. Resolvi escalar montanhas e subir no cume mais alto, achando que ali haveria algo valioso. Quando consegui, vi que não encontrara absolutamente nada.


Porém, agora, eu conseguia ter uma vista panorâmica que me revelou muitas coisas. Passei a enxergar uma grande paisagem que antes eu não conseguia ver. Tudo passou a ficar mais claro. Mas ficar ali naquele cume sozinha não fazia o menor sentido. E quanto mais eu buscava algo, menos eu encontrava e mais eu me distanciava de mim mesma.


Para ajudar (ou atrapalhar) toda essa jornada, temos um retrato social em que impera a produtividade máxima e o imediatismo, tornando as pessoas meros robôs desempenhando frustradamente tarefas mecânicas dia após dia, lutando para fazer o tempo render mais. E esta é a grande armadilha do piloto automático que nos leva a fazer inúmeras coisas sem que nos questionemos o por quê de fazê-las. E nessa, entramos em uma vida vazia de significado, que não passa de criar listas e cumprir objetivos igualmente vazios.


Inclusive para uma reflexão mais aprofundada, recomendo o livro Por que fazemos o que fazemos? do Mário Sérgio Cortella, em que ele fala da importância de se ter uma vida com motivação e valores.


A filosofia japonesa IKIGAI diz que o segredo para que você viva mais e melhor é encontrar um ou mais propósitos (se encontrar um já parecia difícil, imagine outros!). No entanto, essa filosofia descomplica algo que, a princípio, me parecia ser uma ideia longínqua, transcendental e inalcançável. Talvez também pareça um bicho de 7 cabeças para você.


Encontrar um propósito com base nessa filosofia significa fazer uma análise interna bem minuciosa. Estamos acostumados a seguir roteiros e padrões de vida que a sociedade prega como normal. Às vezes nos cobramos a fazer aquilo que é esperado de nós, mesmo que não nos satisfaça ou nos deixe feliz.


No ocidente, IKIGAI surge como uma ferramenta de autoconhecimento que torna possível encontrar sentido na vida através da descoberta do nosso propósito, que nada mais é do que descobrir aquilo que nos mantém felizes e motivados. Essa jornada nos revela as pequenas e grandes fontes da nossa autorrealização.


Por mais que nossos reais objetivos pareçam distantes, o IKIGAI propõe que saibamos reconhecer pequenas conquistas e momentos de satisfação que podemos desfrutar todos os dias. Dessa forma, adquirimos a energia necessária para continuar a caminhada, construindo uma vida ativa e plena de significado.


Propósito ou missão de vida não é algo obscuro a ser desvendado. Não é um destino a se chegar. É algo apenas a ser refletido e colocado em prática diariamente. Para isso, você pode começar respondendo às seguintes perguntas:


O que você ama?

Quais são as coisas ou momentos que você mais valoriza no seu dia a dia?

Em que você é bom?

Em que as pessoas que convivem com você dizem que você é bom?

Como você pode contribuir com o mundo a partir das suas habilidades?

Pelo que você pode ser pago?


O diagrama abaixo também pode lhe ser útil nesse momento de reflexão. Não tenha medo de ser sincero consigo mesmo!

Concluindo, eu percebi que propósito ou missão de vida nada mais é do que conhecer aquilo que te faz feliz de verdade, aquilo que te motiva, o que você valoriza e quais são as SUAS habilidades. Cada ser é único! Eu descobri que propósito pode ser encontrado nas coisas mais simples, como no tempo para cuidar da saúde mental e física, ler bons livros, tomar um bom café, compartilhar conhecimento, estar perto de quem se ama, procurar fazer o que se faz cada vez melhor. E de pouco em pouco, o que parece ser tão pequeno se torna, finalmente, algo grandioso!


Se você está insatisfeito com a vida que tem hoje, aqui vai um conselho: acolha todo o seu caminho que te trouxe até aqui. Com certeza você aprendeu muito para chegar onde está. A partir daqui você pode escolher viver o seu propósito, primeiro refletindo sobre o que te faz feliz. E então comece a encaixar no seu dia a dia esses momentos em que você vivencia a sua felicidade, nem que seja em doses homeopáticas se você é uma pessoa que tem pouco tempo. Aos poucos você pode se surpreender com o rumo que a sua vida começa a tomar. Permita-se!


Caso você queira um mergulho mais profundo nessa autodescoberta, indicamos o Desvendando sua missão de Alma uma imersão que vai fazer você limpar todos os condicionamentos que controlam a sua vida, a fim de que você possa realmente vivenciar uma vida com propósito!


Morgana Lourenço



18 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo